4 de janeiro de 2016

O cometa C/2013 (Catalina) está visível em nossas madrugadas.

Créditos: Ian Sharp / SSO Australia
O cometa C/2013 US10 (Catalina) foi descoberto em 31 de outubro de 2013 por R. A. Kowalski através do projeto Catalina Sky Survey, que tem como o objetivo a descoberta de cometas e asteroides. O cometa "Catalina" já está chamando a atenção de observadores ao redor do mundo. Depois de dois anos é possível ver até a olho nu.
Exatamente amanhã (05/01), o cometa Catalina (C/2013 US10) atinge seu brilho máximo, o que significa que ele poderá ser visto em céus sem poluição luminosa. Procure-o, com a ajuda de um binóculo, ele vai estar próximo a estrela Arcturus (constelação Boeiro), perto do horizonte na direção nordeste, depois das 3:30h da manhã. Como mostra a imagem abaixo. E corra, pois ele está prestes a deixar o céu do hemisfério Sul.

 
Programa Stellarium.
Para conseguir observar o cometa, o observador deverá estar em um local sem luminosidade urbana (postes, lâmpadas, faróis, etc). Apesar de o cometa atingir seu brilho máximo no céu, ele ainda terá um brilho bem fraco ao observarmos. Boa Sorte.


Fonte:





http://www.galeriadometeorito.com/2015/09/cometa-catalina-promete-espetaculo-no-ceu.html#.Voqnd_krLIU

Nenhum comentário:

Postar um comentário