21 de julho de 2012

Diferença entre constelações e galáxias.

           A diferença entre galáxias e constelações, consistem em suas grandezas. Enquanto que as constelações podem ser observadas da Terra (estrelas). A galáxia por sua vez englobam todas estas estrelas. Exemplo: Todas as estrelas que vemos à noite (sem telescópio) está contida dentro de uma galáxia, a nossa Via Láctea. Lembrando que só vemos um pedaço da nossa Via Láctea. Como se pode observar no desenho abaixo.

Galáxia Via Láctea. O círculo amarelo é o nosso sistema solar e todas as estrelas que observamos no céu. 

       Galáxias são agrupamentos de corpos celestes, principalmente estrelas, planetas, poeiras cósmicas, e outros astros, as galáxias possuem vários formato, entre elas elípticas, espirais, irregulares. Existem mais de 200 bilhões de galáxias. Abaixo temos uma imagem do telescópio Hubble, foi necessário uma montagem de Várias fotos tiradas todos os dias por mais de um ano. Cada ponto que se vê, é uma galáxia. 


Foto: NASA, ESA, S. Beckwith (STScI) ea equipe de HUDF

          Constelação consiste de um agrupamento de estrelas em uma determinada região no céu "aparentemente próximas,"  formando imagens de pessoas, animais e objetos. Do planeta Terra podem se observar 88 constelações.


                                           Abaixo a lista das 88 constelações existentes.

Constelações no Hemisfério Norte
No hemisfério Norte podes encontrar: Andrómeda, Cocheiro, Boieiro, Girafa, Cães de caça, Cão Menor, Cassiopeia, Cefeu, Cabeleira de Berenice, Coroa Boreal, Cisne, Golfinho, Dragão, Potro (Cavalinho), Hércules, Lagartixa, Leão Menor, Lira, Lince, Pégaso, Perceu, Flecha (Sete), Triângulo, Ursa Maior, Ursa Menor e Raposinho.

Constelações no Hemisfério Sul
 No hemisfério Sul, podes encontrar: Máquina-Pneumática, Ave-do-Paraíso, A Águia, O Altar, Cinzel, Cão Maior, Quilha, Centauro, Baleia, Camaleão, Compasso, Pomba, Coroa Austral, Corvo, Taça, Cruzeiro do Sul, Espadarte, Erídano, Fornalha, Grou, Relógio, Hidra Fémea, Hidra Macho, Índio, Lebre, Lobo, Montanha da Mesa, Microscópio, Unicórnio, Mosca, Régua, Octante, Serpentário, Orion, Pavão, Fénix, Pintor, Peixe Austral, Popa (Ré), Bússola, Retículo, Escultor, Escudo de Sobieski, Serpente, Sextante. Telescópio, Triângulo Austral, Tucano, Vela e Peixe Voador.

Constelações na zona Equatorial
Na zona equatorial podes encontrar: Carneiro, Aquário, Caranqueijo, Capricórnio, Gémeos, Leão, Balança, Peixes, Sagitário, Escorpião, Touro e Virgem.


Exemplo de duas constelações:


Constelação de Escorpião.


 


        Constelação de Escorpião é uma das que mais se destaca, vista no hemisfério Sul, notável por sua extensão.E realmente lembra o formato de um escorpião. 




Constelação Cão Maior.


       Cão Maior é uma constelação observada do hemisfério Sul, faz parte dessa constelação a estrela Sirius, a estrela mais brilhando no céu noturno, e a mais próxima da Terra depois do Sol.






Galáxias

       Sem telescópio podemos localizar apenas três galáxias das milhares  existentes, são elas (Pequena e Grande nuvem de Magalhães e Andrômeda).
       Apesar de serem muito maior que as constelações, da Terra só podemos observar manchas no céu. Isto ocorre devido estas galáxias estarem muito longe da Terra em comparação com as constelações. 


Exemplo de duas galáxias:



Galáxia de Andrômeda. 


        A galáxia de Andrômeda é muito parecida com a Via Láctea, uma galáxia espiral. Esta galáxia pode ser observada do hemisfério norte. Ela é a galáxia espiral que está mais próximo da nossa Via Láctea. 



Nuvens de Magalhães

Grande Nuvens de Magalhães. 
Pequena Nuvens de Magalhães 


       Assim como são conhecidas as duas galáxias próximas da Via Láctea. Pequena Nuvens de Magalhães e Grande Nuvens de Magalhães, ambas galáxias são irregulares, devido ao seu formato, e podem ser visualizadas a olho nu no Hemisfério Sul, entre a linha do Equador e o Polo Sul. O aventureiro português Fernão de Magalhães, quando realizava suas viagens marítimas, a observou em meados de 1520. Por isso elas carregam seu sobrenome. 

       



Fontes:
http://www.brasilescola.com/geografia/galaxia.htm
http://www.ccvalg.pt/astronomia/galaxias/galaxias_irregulares.htm
http://www.explicatorium.com/As-constelacoes.php
http://www.observatorio.ufmg.br/dicas02.htm
http://www.observatorio.ufmg.br/dicas06.htm

8 comentários:

  1. Todas as estrelas que observamos no céu não estão naquele círculo amarelo.

    ResponderExcluir
  2. Olá Edvan, obrigado por me ajudar a esclarecer a dúvida que eu tinha em relação ao que é uma galáxia e o que é uma constelação. Entretanto, uma dúvida ainda persiste em relação ao um caso específico: Andrômeda. Em seu post você informa que existe a constelação de Andrômeda (que presumo ser formada por estrelas pertencentes à Via Láctea) e a Galáxia de Andrômeda. Gostaria de saber se, de fato, são objetos celestes totalmente distintos ou se existe alguma relação entre ambas, e também o porquê de partilharem o mesmo nome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, MV1! Permita-me responder sua dúvida. Via Lactea e Andromeda são galáxias distintas. A constelação de Andromeda é o nome dado, pelos cientistas, a um aglomerado de estelas, para facilitar sua localização e a galáxia de Andromeda está localizada na região dessa constelação que não pertencem a Via Láctea.

      Excluir
    2. Olá, MV1! Permita-me responder sua dúvida. Via Lactea e Andromeda são galáxias distintas. A constelação de Andromeda é o nome dado, pelos cientistas, a um aglomerado de estelas, para facilitar sua localização e a galáxia de Andromeda está localizada na região dessa constelação que não pertencem a Via Láctea.

      Excluir
  3. Olá! O Arnoldo Nunes está certo. Não existe estrelas no nosso sistema solar, nossa única estrela é o Sol, portanto, as estrelas que conseguimos ver está fora dele.

    ResponderExcluir
  4. Vejo um ponto preto no papel é digo que é uma galaxia com milhares de planetas, ai fazemos um desenho nada haver e dizemos que aquilo é a galaxia. Pego uma foto é digo que aquilo é a via lactea, mas pera ai, conseguiram enviar o telescopio tao longe o suficiente para capturar a via-lactea em uma imagem, completa, que magnifico!( ironico) Ai quando perguntamos, beleza, voces podem ver galaxia muito distantes, podem saber como a via lactea é, mas quando digo, entao porque nao vao la ver o que tem no centro da nossa galaxia, dizem, que la tem um buraco negro e que buraco negro sulga a luz , as onda e por isso nao podemos ver, mas quando observo uma imagem verdadeira de um telescopio que a luz ultra ou a r.x ou seja la o tipo de luz que for, o centro sempre se mostra como a parte mais luminosa. Mas vamos la, n vou remover o tal buraco negro, digamos que ele esta cercado por 200 bilhoes de estrelas super luminosas, o que se encaixaria perfeitamente em outros escritos que nao sao de cunho astronomico, mesmo assim, permanece a foto da galaxia como interrogacao, e o fato de podermos ver nem mesmo o nosso proprio centro, quanto mais outras galaxias. super curioso isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, imagens como a da via lactea não são de uma fotografia, são de uma ilustração montada com base em calculos. funciona assim, a grosso modo, detecta-se o tamanho e a distancia desses corpos celestes(Estrelas planetas etc) pela luz que chega deles ate aqui. essa luz tem um monte de informacoes. com calculos pode se determinar suas posicoes e ate coloracoes caracteristicas (se se constatar quais quimicos estariam em abundancia ali), dai coloca isso tudo numa sopa de computador e barabim barabem barabam!, esta criado o padrão de desenhos que voce ve ai. Sim existem fotografias de galaxias e planetas distantes que de fato foram fotografadas, mas se confundem com as que tem pela internet por conta de que muitos artistas pegam as fotos feias e desfocadas de galaxias distantes e fazem uma arte bonita para elas.


      Sobre os buracos negros, voce os ve luminosos (Alias beeem luminosos) por conta de que ele eh um espaco que embora nem luz escape dele, continua atraindo tudo a sua volta, inclusive luz. entao em volta do buraco negro tem uma montoeira de estrelas e todo tipo de coisa que ele puxa, formando um tipo de manto, uma camada externa de coisas brilhantes. quando voce ve um buraco negro brilhante voce ta vendo a camada externa dele. pensa no sonho de valsa, o danado eh claro dentro mas tem aquele chocolate escuro por fora. saca?

      Excluir
  5. Pelo que pude entender das respostas todas as constelações que vemos no céu estão na via lactea. Minha dúvida é em relação a órion e ursa maior. Qual a posição delas em relação ao sistema solar. Qual mais próxima? Sei que o nosso sistema solar está no braço de órion. Poderiam me dar uma esclarecida?

    ResponderExcluir