23 de julho de 2018

No dia 27 de julho acontecerá o maior eclipse lunar do século XXI.


20 de julho de 2018

Cometa Halley. Quando veremos novamente?


18 de julho de 2018

Um cometa se aproxima do planeta Terra.


16 de julho de 2018

Um cometa se aproxima da Terra e poderá ser visto.

O cometa que foi descoberto em 23 de setembro de 2017 conhecido por: C / 2017 S3 (PANSTARRS) está se aproximando do planeta Terra e muitos poderão vê-lo.
Segundo o astrónomo Michael Jager que registrou o cometa: “A atmosfera do cometa tem 260.000 km de diâmetro, quase o dobro do diâmetro do planeta Júpiter. Essas dimensões fazem dele um alvo relativamente fácil para telescópios caseiros.”
Com base nos elementos orbitais e parâmetros fotométricos, seu periélio, ou seja, sua menor distância em relação ao Sol ocorrerá no dia 15 de agosto de 2018.
Sua passagem mais próxima da Terra ocorrerá na semana anterior, no dia 6 de agosto de 2018. A órbita deste cometa favorece a observação no hemisfério norte.
Nas regiões norte e nordeste do Brasil ele deve iniciar sua visibilidade em meados de julho na constelação de Auriga antes do Sol nascer.  Na primeira semana de agosto ele ingressa na constelação de Gêmeos, em 4 e 6 de agosto ele estará em conjunção com as estrelas Castror e Pollux, porém será de manhã, ao horizonte nos primeiros raios solares.
Abaixo podemos ver as constelações de Auriga e Gêmeos.
constelação de auriga
Constelação de Auriga e Gêmeos.
Na imagem abaixo podemos ver o cometa PanSTARRS (C/2017 S3), foto registrada por Michael Mattiazzo.
Em 2 de julho de 2018 o observador Michael Mattiazzo registrou a imagem do cometa. 
O cometa PanSTARRS (C/2017 S3) veio diretamente da fria e longínqua Nuvem de Oort (uma região repleta de cometas), e agora está se aproximando do Sol rapidamente. Segundo os astrônomos, esse cometa não é periódico, ou seja, ele provavelmente nunca visitou o Sistema Solar interno, então ninguém sabe dizer o que poderá acontecer. Por ter uma grande quantidade de gelo sujo em sua composição, sua exposição aos raios solares poderá surpreender, criando aumentos de brilho inesperados.
Na ilustração abaixo podemos observar a órbita do cometa PanSTARRS (C/2017 S3).
Cometa c-2017 S3 PanSTARRS - visivel em agosto de 2018
Órbita do cometa C/2017 S3 PanSTARRS e sua trajetória pelo Sistema Solar.
Créditos: JPL / SSD / SBDB

Referência.
Central da Ciência. Cometa explode em brilho e poderá ser visto a olho nu em agosto de 2018. Disponível em: <http://centraldaciencia.com.br/component/easyblog/cometa-explode-em-brilho-e-podera-ser-visto-a-olho-nu-em-agosto-de-2018?Itemid=101&gt; Acesso: 16 julho de 2018.
Cometografía. Nuevo cometa C/2017 S3 (PANSTARRS). Disponível em:<http://cometografia.es/nuevo-cometa-2017s3-panstarrs/&gt; Acesso em: 16 de julho de 2018.
Machado, L. E. S. Fernadez, J. A. Ao encontro do Halley. Rio de Janeiro: Guanabara. 1985. 93p.
Rea Brasil. C/2017 S3 Pan-STARRS. Disponível em: <http://rea-brasil.org/cometas/17s3.htm&gt; Acesso em: 16 julho de 2018.